Caminhar No Gelo

Autor: Werner Herzog

Editora: Tinta da China

Nº Páginas: 124

Data: 2011 (1ª edição)

Estado de Conservação: Capa e contracapa com manchas de água. Contracapa com pequena rasura.

Observações: Prefácio de Pedro Mexia

Preço: 5€

Caminhar No Gelo 1

O Tambor de Lata

Autor: Gunter Grass

Editora: Dom Quixote

Nº Páginas: 691

Data: 2009

Estado de Conservação: Usado

Observações: Esgotado no Editor. Prémio Nobel da Literatura 1999

Preço: 15€

O Tambor de Lata 2
Poemas 4

Poemas

Autor: Bertolt Brecht

Editora: Presença

Data/Edição: 1976

Nº de Páginas: 117 págs.

Estado de Conservação: bom, usado

Observações: Esgotado. Col. Forma nº5. Selecção e estudo de Arnaldo Saraiva

Preço: 10€

Teatro 12

Teatro

Autor: Bertolt Brecht

Editora:  Portugália

Data/Edição: 1961

Nºde Páginas: 315 págs.

Estado de Conservação: Usado

Preço: 20€

Observações:  Tradução Ilse Losa, um poema traduzido por Jorge de Sena, outro pelo Alexandre O’Neil.

O Lobo das Estepes 22

O Lobo das Estepes

Autor: Hermann Hesse

Editora: Afrontamento

Data/Edição: 1982

Nºde Páginas: 224 págs

Estado de Conservação: Usado. Com assinatura de posse.

Preço:  7€

Sinopse:

“Quase todas as obras em prosa que escrevi são biografias da alma. Nenhuma delas se ocupa de histórias, conflitos ou tensões. Pelo contrário, todas elas são basicamente um discurso em que uma pessoa singular – aquela figura mítica – é observada nas suas relações com o mundo e com o seu próprio eu.”

Hermann Hesse

PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1946

PRÉMIO GOETHE 1946

Narciso e Goldmundo 26

Narciso e Goldmundo

Autor: Hermann Hesse

Editora: Guimarães Editores

Data/Edição: 1987 (3ª edição)

Nºde Páginas: 237 págs.

Estado de conservação: Bom. Usado. Encadernado com papel cebola

Outras observações: Esgotado no editor. Capa de Almeida Baltazar

Preço: 15€

Sinopse:

Narciso e Goldmundo talvez seja uma das obras de Hesse em que mais se percebe a influência e a afinidade com a linha de pensamento de Carl Gustav Jung. Os sonhos das personagens são elementos importantes em todo o livro, a dualidade apolíneo/dionisíaco é o eixo central da narrativa. Percebem-se implícitos na história conceitos como inconsciente colectivo, arquétipo e individuação, entre outros comuns à escola junguiana.

Plano Nacional de Leitura – Livro recomendado

PRÉMIO GOETHE 1946

PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1946

Desenraizados 30

Desenraizados

Autor: Erich Maria Remarque

Editora: Europa-América

Data/Edição: 1960

Nºde Páginas: 448 págs.

Estado de conservação: Muito usado. Encadernado com papel cebola

Preço: Edição Antiga 4€

Eumeswil 32

Eumeswil

Autor: Ernst Junger

Editora: Ulisseia

Data/Edição: s/d

Nºde Páginas: 373 págs.

Estado de conservação: Bom. Usado

Outras observações: Tradução de Sara Seruya , com a colaboração de João Barrento para a tradução dos poemas. Capa de Gaetan. Edição antiga.

Preço: 15€

PROMOÇÃO -40% (ATÉ 24/12)= 11€

Sinopse:

O Estado universal já se realizou e dividiu num arquipélago de pequenos Estados: Eumeswil é um deles, dirigido por um ditador, o Condor, do alto da Casbah que domina a cidade. O Condor despreza os corajosos democratas de Eumeswil, as suas  reuniões que eles julgam secretas, a sua tagarelice ineficaz. Martin, aliás Manuelo Venator, um historiador jovem, professor na Faculdade, trabalha todas as noites como steward na Casbah: torna-se também no observador privilegiado dos poderosos, admitido na “zona interdita”. Ele também desdenha dos amigos do povo, os oponentes, mais ou menos manipulados pela polícia: é o homem da reserva, da invernia, do “abrigo das florestas”, que se diz não anarquista, mas “anarca”, o antípoda ou contraponto do monarca.

Romance do desprendimento e da lucidez, Eumeswil pode ser considerado como o “Segundo Fausto”  de Ernst Junger.