D.Quixote de la Mancha

Autor: Miguel de Cervantes

Editora: Mediasat Group

Data/Edição: 2004

Nºde Páginas: 797 págs

Estado de conservação: Bom. Usado.

Outras observações: Biblioteca Os Grandes Génios da Literatura Universal nº 1

Preço: 12€

Sinopse:

“Comparado com outros livros clássicos (a Ilíada, a Eneida, a Farsalia, a Comédia dantesca, as tragédias e comédias de Shakespeare), o D. Quixote é realista. E, contudo, este realismo difere, fundamentalmente, daquele outro que o século XIX cultivou. Joseph Conrad pôde dizer que excluía da sua obra o sobrenatural, porque admiti-lo seria negar o quotidiano como maravilhoso. Ignoro se Miguel de Cervantes partilhava esta intuição, mas sei que a configuração de D. Quixote o fez contrapor a um mundo imaginário e poético, um outro real e prosaico. Conrad e Henry James romancearam a realidade porque a julgaram poética. Para Cervantes, o real e o poético são antinomias. Opõe às vastas e vagas geografias do Amadis os empoeirados caminhos e sórdidas hospedarias de Castela.” Jorge Luis Borges in Novas Inquirições